Textos

SONETO ACRÓSTICO PARA DR LEONARDO
Lágrimas corriam em meu rosto
Ego sem nenhum prazer
Olhos tristes sem brilhar
Nada tinha pra dizer

Abraçou-me com ternura
Reavivando meu ser
Disse palavras de paz
Ouviu o meu padecer

Já faz tempo isso passou
Olho tudo com amor
SÉrio e muito prestativo

Vejo o bem que me prestou
Abraço que cura a alma
Zêlo  por mim demonstrou

Alcinete Gonçalves
Enviado por Alcinete Gonçalves em 15/06/2019
Alterado em 24/06/2019


Comentários


Imagem de cabeçalho: inoc/flickr